terça-feira, março 03, 2015

A Vida. Dela Ninguem Foge


PENSE NISSO ! MAS PENSE AGORA MESMO
...............................................................................
A vida.Dela Ninguem Foge
( Reynollds Augusto)

A maioria de nós somos leigos no que se refere a grandeza da vida. Na verdade somos imortais e jamais conseguiremos matar o espírito, que segue sempre após a morte do corpo físico. Que está acontecendo nesse momento. O Estágio é curto, mas perdê-lo por iniciativa própria trará duras conseqüências.

Vez a outra algum conterrâneo, do Vale do Piancó, faz a besteira de tirar a sua própria vida. O nosso despreparo espiritual nos leva a cometer desatinos e buscar as ilusões. Dessa feita foi um jovem de dezenove anos. Dizer o que se passa na cabeça de alguém quando resolver tomar essa atitude é difícil. Há inúmeras explicações, nesse caso parece ter sido uma desilusão amorosa.

Se o leitor quiser der uma espiadela no Livro dos Espíritos intitulado “Desgosto Pela Vida- Suicídio” entenderá porque a idéia de suicídio surge. Da questão 943 em diante.(https://livrodosespiritos.wordpress.com/esperancas-e-consolacoes/cap-i-penas-e-gozos-terrenos/vi-desgosto-pela-vida-suicidio/)

Os espíritos falam que, geralmente, o suicídio nasce no coração do ser pela ociosidade, falta de fé e quase sempre pela saciedade. A vida é um imposição do “Direito Natural” para o progresso do espírito, que não deve dispôs de sua vida (orgânica), sob pena de sair do processo comprometido. “ O suicídio voluntário é uma transgressão dessa lei e que “o louco que se mata não sabe o que faz”.

Talvez a religião tradicional tenha um pouco de culpa nisso, pois não prepara o seu adepto para entender a vida. As fórmulas, os ritos , as rezas, a instrumentação exterior , distraem muita gente no que se refere ao entendimento da vida. Tem religião que em vez de aproximar-nos de Deus, da Causa, mas nos distancia. Jesus sabia disso e por isso sustentou que mandaria outro consolador, que hoje sabemos tratar-se da Doutrina Espírita.

Tudo isso me fez relembrar da dica do espírito Joana de Angelis, que assevera:

“Herdeiro de si mesmo, carregando, no inconsciente, as experiências transatas, o homem não foge aos atavismos que ojungem ao primitivismo, embora as claridades arrebatado¬ras do futuro chamando-o para as grandes conquistas. Liberar-se do forte cipoal das paixões animalizantes para os logros da razão é o grande desafio que tem pela frente.Onde quer que vá, encontra-se consigo mesmo.”

Ninguem foge de si mesmo, pois as nossas ações repercutirão na própria vida, pois isso é da lei. O bom é que é , também, da lei, que ninguem se perca, pois fomos feitos para o progresso da razão e do sentimento que as religiões apelidam se “salvação”. Até lá muito “choro e ranger de dentes”.

Vamos elaborar para as nossas vidas metas a curto, médio e longo prazo. Isso dará sustentação para o espírito. A maior meta a ser alcançada é nossa paz interior, que depende de maturidade para saber quem se é. Para isso é preciso conhecimento, planejamento , que nos permitam o desenvolver de atitude saudáveis ,equilibrando a emoção.

A solidariedade é ponto essencial. Quem é solidário jamais será solitário e a idéia de suicídio passa de largo. Ninguém consegue destruir a vida, mas consegue embaraçá-la. Nosso objetivo é ser feliz. Isso depende de maturidade espiritual. A vida está a nosso favor, mesmo quando pensamos que não.

Ao garoto Darlison, nossas vibrações e a força para o recomeço.
Ninguem consegue destruira vida

PENSE NISSO! MAS PENSE AGORA MESMO

www.pensenisso.itaporanga.net

terça-feira, fevereiro 24, 2015

Zeucles e o Mercadinho Santo Antônio

PENSE NISSO! MAS PENSE AGORA MESMO
.....................................................................................
Zeucles e O Mercadinho “Santo Antônio
(Reynollds Augusto)

Quem não conhece a tradicional Rua Treze de Maio, na cidade de Itaporanga. Segundo o meu irmão, poeta, escritor, violonista, cantor, compositor e excelente carteiro, NILTON MENDES, “a antiga Rua da gaveta”.
Nunca mais tive o prazer de ver o inteligente Nilton Mendes, a passar pela “Rua da Gaveta”. Desconfio que aposentara-se. Quem sabe ele, agora, não segue o meu conselho e escreve um livro, colocando as suas memórias para fora. Não podemos deixar que as nossas memórias se percam, em tempos de internet.

 É certo que toda experiência vivida, por menor que seja, está gravada no profundo do ser. Os milênios de vida, de espíritos imortais que somos não se perdem. Está adormecida, mas se pode acessar.

Evidentemente, precisamos deixar para os filhos do futuro as nossas impressões sobre o lugar do nosso “berço”. Itaporanga, a Rainha do Vale, Antiga Misericórdia,  a Rua Treze de Maio. A Rua da gaveta.
Mais do que receber as belas notícias dos primos, amigos, por meio de cartas, coisa que está velha e fora de uso, na era  do computador e internet, sobrou conversar com Nilton, que  é um Show de História. Um católico fervoroso, um cristão grande, desses poucos que existem.

As igrejas estão cheias, ainda bem, mas poucas pessoas andam com Jesus. A religião, em sua maioria, virou um balcão de negócios.
“De que adianta ao homem ganhar o mundo e perder a sua alma”. (Jesus)
Mas, não é disso que eu quero escrevinhar. Quero falar da “Rua da Gaveta”. artéria de amigos raros de infância. Rua dos meus saudosos avós, dos amigos espalhados por esse mundo de meu Deus. Nas inesquecíveis noites de São João, de balão, de quadrilhas.
Meu amigo Zeucles, seu irmão “Toim” e muita gente boa, da Rua Treze de Maio, sempre reunia a garotada para dançar “quadrilha”. Muita festa e alegria. Os moradores das ruas vizinhas continuamente se deslocavam, no dia aprazado, para ver o espetáculo da festa, da diversão sadia, dos balões, do forró pé de serra. Da caracterização das belas garotas, hoje quase todas casadas e felizes.
Depois da apresentação, logo após, íamos ás paqueras, que ninguém é de ferro. Ô rua de mulheres bonitas! 
Talvez seja por isso que o grande Zeucles é querido por todos e sempre me concedeu, o eficientemente, o “DCE” (Desconto Para Clientes Especiais). Hoje em tempos de “vacas magras”, quase não percebo o decréscimo. Mas, ficou o atendimento educado, fraterno.
O velho estabelecimento abandonou a velha caderneta, duplicada. Uma ficava no comércio e outra trazíamo para casa. Nunca houve erro nas conferências. A honestidade sempre foi objeto maior do velho estabelecimento. Dona Tereza, sua mãe, ainda faz contas “de cabeça” e não usa o “tá do computador”, mas é preciso seguir os tempos. As velhas fórmulas foram deixadas para trás. E pensar que estamos “anos luz”, atrás, da tecnologia do mundo espiritual.
Zeucles está com um projeto, que de pronto eu não concordei. Vai tirar férias e dar uma cópia da chave do Marcadinho Santo Antônio  para cada cliente. A velha caderneta voltará. Disse a ele que não abusasse. O bom mesmo é a volta do “DCE”.
Mas, não dá para repetir o passado. Está preso só na construção íntima de cada um. A vida é o presente, mas somos imortais.
PENSE NISSO! MAS PENSE AGORA MESMO
Curtir ·  · 

segunda-feira, fevereiro 16, 2015

Morte

PENSE POESIAS DO ALTO
Espírito: UM AMIGO POETA ( INácio da Catingueira)
Médium: AURELÚCIA GOMES
..............................................................................................
MORTE
A vida ás vezes corrompe
Um espírito alienado.
Vem a morte e interrompe
Esse mau aprendizado.
Procure,pois, ser mais forte
A matéria é provisória.
Tente encarar a morte
Como uma promissória.
Mas, não deves temer a morte
Nem mesmo pros filhos seus .
Ela só é um passaporte
Para um encontro dom Deus.
Porque Deus é bom credor
E Espera com Cautela,
Dividindo com amor
A sua dívida, em parcelas.
.......................................................................................................
Poema recebido em reunião pública do Centro Espírita Jesus de Nazaré, da cidade de Catingueira-Pb

PENSE POESIAS DO ALTO
Espírito: UM AMIGO POETA ( INácio da Catingueira)
Médium: AURELÚCIA GOMES
..............................................................................................
MORTE

A vida ás vezes corrompe
Um espírito alienado.
Vem a morte e interrompe
Esse mau aprendizado.

Procure,pois, se mais forte
A matéria é provisória.
Tente encarar a morte 
Como uma promissória.

Mas, não deves temer a morte  
Nem mesmo pros filhos seus .
Ela só é um passaporte
Para um encontro dom Deus.

Porque Deus é bom credor
E Espera com Cautela,
Dividindo com amor
A sua dívida, em parcelas.
.......................................................................................................
Poema recebido em reunião pública do Centro Espírita Jesus de Nazaré, da cidade de Catingueira-Pb

domingo, fevereiro 01, 2015

Do Face

    PENSE NISSO! MAS PENSE AGORA MESMO
    .......................................................................................
    " O homem encontra-se prisioneiro do seu passado e torna-se vítima de si mesmo, até que venha libertar-se pelo amor, que destrói as algemas que o mantém preso" ( Joseph Gleber - por Robson Pinheiro)
     — com Doctrina Espirita.
    Curtir ·  · 
    • Reynollds Augusto
      Escreva um comentário...
    9 min · 
    É a mais bela.
    Igreja do Rosário - Itaporanga PB
    Foto: SITONHO BARREIRO
    Curtir ·  · 
    • Reynollds Augusto
      Escreva um comentário...

    Feed de Notícias

    PENSE NISSO! MAS PENSE AGORA MESMO
    ......................................................................................
    " O Espíritismo ,com sua moderna terapia do otimismo e redescoberta dos valores imortais ,lança novas luzes que possam satisfazer a razão e promover a renovação interna dos padrões que foram abandonados ao longo do tempo."
    ( Médico JOSEPH GLEBER. Livro Medicina da Alma. Médium :Robson Pinheiro),
     — com Doctrina Espirita.
    Curtir ·  · 
    Você não está mais marcado nessa publicação. Ela ainda pode aparecer em outros lugares no Facebook. 
    Não quero isto no Facebook
    8 h · Editado · 
    Boa! Bela figura.
    Uma reflexão.
    Para as mentiras
    Da "politicalha"
    Desmedida....
    Ver mais
    1.966.124 visualizações
    Davi Alves Silva Júnior carregou um novo vídeo.
    Assistam a esse vídeo e reflitam!
    Saibam que eu prefiro falar a verdade do que enganar o povo. Abraços!
    Curtir ·  · 
    PENSE REFLEXÃO!
    ...................................................
    A Pátria está doente

    A anomia social, como se sabe, é uma condição caracterizada pela ausência de objetivos e pela perda de identidade de uma sociedade. Diz respeito à ruptura das normas sociais e representa uma crise de valores, numa situação em que a sociedade “ignora”, ainda que inconscientemente, regras de comportamento.
    Diferentemente do desrespeito à lei – circunstância em que o indivíduo reconhece sua existência, mas não a cumpre – na anomia o que ocorre é uma indiferença à lei. Ou seja, a afronta à lei implica na consciência de que sabemos que ela existe, mas a repudiamos, enquanto na anomia pouco importa se ela existe ou não.
    Em caso de anomia social nenhum dos poderes constituídos – polícia, judiciário, legislativo, executivo –, consegue impor “a lei e a ordem”. Trata-se de algo parecido com uma desobediência civil silenciosa, em que não há rebelião externa, mas “interna”.
    A partir deste momento, o próprio conceito de Estado se pulveriza e seus cidadãos passam a viver uma sensação de profunda insegurança social e jurídica. É o pior que pode acontecer a uma sociedade.
    Pois é justamente isso que está acontecendo com o Brasil.
    Estamos vivendo um processo de anomia. Nada mais tem importância. Tudo é possível, inclusive desdenhar a lei.
    O Estado brasileiro está doente.
    O Estado brasileiro está morrendo.
    O Brasil não respeita mais nem o Brasil.
    Temos até orgulho do nosso improviso, do descompromisso com o que é “legal”.
    A anomia já está entre nós e nem nos damos conta. Exemplos disso:
    Não se pune quem transgride.
    Não se contém quem não tem limites.
    Não há pena para o castigo. Porque o castigo não vale a pena.
    É o mais nefasto e mortal dos paradoxos do Estado de Direito.
    Diante destes fatos, a sociedade vai se tornando indiferente a si mesma, à lei, à ordem, ao progresso. O que está escrito em nossa bandeira já não significa nada. A anomia provoca a desobediência civil silenciosa, destrói a Nação, o Estado e a Pátria.
    Lembremos que a palavra “Pátria” remete à terra natal dos filhos de um País, os quais se sentem ligados a ela e entre si por vínculos afetivos, culturais, valores e história. É por esta razão, por sinal, que o sentimento do amor cívico está relacionado ao vocábulo “pátria” e não a Estado.
    A anomia destrói o afeto social, a identidade de um povo, seus valores, sua razão de ser e existir. Instala-se então a sensação de fuga coletiva, que se materializa no desejo de abandonar a pátria, de negar sua “identidade de solo”.
    A anomia mata por asfixia social, que é o que tem acontecido com o Brasil.
    Estamos querendo nos deixar e deixar o Brasil para trás, no passado, na lembrança.
    O Brasil quer esquecer o Brasil.
    É isso que sinto e ouço cada vez mais. Por isso estou triste.
    E estejam certos, somos muitos.
    Curtir ·  · 
    Esse Papa é nosso!
    Divaldo Franco comenta sobre o Papa Francisco no programa da Marcia Peltier.
    YOUTUBE.COM
    Curtir ·  · 
    • Reynollds Augusto
      Escreva um comentário...

    Feed de Notícias

    9 h · 
    20 anos Evangelizando a Criança e o Adolescente
    20 anos formando homens de bem.
    Jesus está aqui, também.
    ........................................................................................
    Centro Espírita Seareiros do Bem de Boa Ventura.
    Curtir ·  · 
Na Rádio COMUNITÁRIA BOA NOVA FM DE ITAPORANGA-PB www.boanovafmpb.net/